Irmos viver em Marte dentro de 12 a 15 anos

Irmos viver em Marte dentro de 12 a 15 anos

11 de Agosto de 2012 1 Por Tiago

Elon Musk um dos fundadores do PayPal, da Tesla Motors e recentemente a SpaceX, prevê que iremos colonizar o planeta vermelho dentro de “12 a 15 anos”. Isto significa que nos adiantamos, relativamente a anteriores previsões que apontavam para uma data posterior a 2030.

O objetivo, para Musk, não é enviar astronautas altamente treinados para analisar cientificamente o planeta e voltar para à Terra, mas sim enviar pessoas normais, como você e eu, por um custo perfeitamente sustentável por grandes empresa que estiverem interessadas.

“Estou confiante que neste momento é possível ser feito. Eu acho que vamos ser capazes de enviar, provavelmente, as primeiras pessoas a Marte dentro de 12 a 15 anos. Essa é a minha estimativa” … “Sabemos que é possível chegar lá. Você poderia mudar-se para Marte, por isso um bilhete de ida e volta não poderia custar mais de meio milhão de dólares, o valor aproximado de uma casa de classe média na Califórnia. E nesse momento eu diria, eu sei que é possível.”

Sendo a SpaceX uma empresa que irá comercializar voos espaciais, as missões a Marte não estarão limitadas apenas a agências espaciais como a NASA. A objetivo da SpaceX é incorporar foguetes reutilizáveis, nas naves espaciais, que potenciem voos regulares a Marte e proporcionar viagens seguras e confortáveis ao comum dos mortais.

Certamente, poucos de nós terá 500.000 dólares para “esbanjar”, o que significa que os primeiros colonos em Marte serão, ou multimilionários excêntricos, ou civis enviados através dos governos, bolsas, corporações ou empresas, de todo o mundo.

Mas a visão de Musk, vai para além de uma simples colonização. Segundo o que ele revelou em entrevista à ABC NewsNightline”:

“Marte é o único lugar no sistema solar onde é possível que a vida se torne multiplanetária. Poderíamos tornar Marte numa Terra… seria mais do que o nosso bote salva-vidas, seria como fazer um backup da biosfera.”

Por agora, a ideia de colonizar outro planeta para sobreviver a uma eventual extinção da Terra, é apenas mais uma teria. Contudo, damos os primeiros passos para que o nosso destino não seja igual ao dos dinossauros, há milhares de anos atrás.

Musk disse ainda:

“Eu acho que seria a coisa mais difícil que a humanidade já tentou fazer. A Terra tem sido confinada a um planeta, durante os quatro bilhões de anos da sua existência. Que é muito tempo … E agora, pela primeira vez em quase quatro bilhões de anos, será possível (muito difícil, mas possível) que a vida se estenda para outro planeta. Se podemos aproveitar essa oportunidade, quem sabe quanto tempo essa janela será aberta?”

Uma nova era interplanetária está a chegar, dentro de poucos anos, Marte também será a nossa casa, como os colonos portugueses, espanhóis e ingleses fizeram em tempos na época dos descobrimentos. Mas com uma diferença, iremos ocupar um local nunca antes ocupado (que se saiba).

Deixe-se ficar com o próximo vídeo, o ponto de partida de uma nova era, o momento em que o robô Mars Rover Curiosity aterra no planeta vermelho.

Via: ABC News