Via Láctea e Andrómeda vão colidir daqui a 4 mil milhões de anos

Via Láctea e Andrómeda vão colidir daqui a 4 mil milhões de anos

4 de Junho de 2012 2 Por Tiago

Prepare-se, porque daqui a 4 mil milhões de anos a Via Láctea (a aconchegante galáxia onde vivemos), irá colidir com a Andrómeda (a nossa galáxia vizinha), fundindo-se numa só.

Por tanto, comece já a juntar uns trocos, para quando chegar a altura poder comprar o seu próprio apartamento de luxo no “Condomínio de Sobrevivência”.

Era bom (ou não) que pudéssemos viver durante 4 mil milhões de anos, para assistir a este colossal evento.

Segundo os astrónomos que trabalham com o Telescópio Espacial Hubble, as duas galáxias encontram-se a 2,5 milhões de anos-luz de distância, uma da outra, e irão colidir daqui a 4 bilhões de anos.

De acordo com o Roeland van der Marel, astrónomo do Space Telescope Sciense Institute em Baltimore, nos EUA:

Porque a Andrômeda se está a aproximar de nós, os astrônomos têm vindo a especulado, à já algum tempo, se esta poderia colidir com a nossa Via Láctea e se as galáxias se poderiam fundir.

No entanto, para saber se isso de facto vai acontecer, não só foi necessário conhecer a forma como a Andrômeda se está a move na nossa direção, mas também o seu movimento lateral. Porque este irá determinar se a Andrómeda irá passar-nos ao lado, ou se vem direta a nós.

Os cientistas sabem agora, que a galáxia Andrómeda está em rota de colisão com a Via Láctea, aproximando-se a uma velocidade de cerca de 400.000 km/h.

Esta colisão poderá não ter impacto direto sobre a Terra, no entanto, poderá levar o Sol a afastar-se do centro da galáxia, o que potencialmente poderá ser catastrófico para “nós”.

Felizmente (ou não), nenhum de nós terá cá para assistir ao evento e presenciar o resultado desta colisão épica, a não ser que entretanto a ciência descubra a “fonte da juventude”.

Créditos de imagem: NASA