Terra partilha a mesma órbitra com um enorme asteroide Trojan

Terra partilha a mesma órbitra com um enorme asteroide Trojan

28 de Julho de 2011 1 Por Tiago

O telescópio espacial WISE (Wide-field Infrared Survey Explorer) da NASA encontrou um asteroide na mesma órbita da Terra (em torno do Sol). Ao que parece, é a própria Terra que o está a perseguir.

Este parece ser um fenómeno comum, tendo em conta que outros planetas como Júpiter, Marte e Neptuno, também partilham a sua órbita com asteroides. No seio da comunidade científica, estes asteroides são conhecidos como Trojans (cavalos de Troia).

Ao longo da órbita terrestre existem cinco pontos, conhecidos como pontos de Lagrange, onde pequenos corpos celestiais podem permanecer em segurança, sem serem atraídos ou empurrados pela própria Terra. Isto deve-se à forma como o campo gravitacional da Terra interagem com o campo gravitacional do Sol.

Mas apenas dois desses pontos são estáveis, estando localizados 60 graus à frente e atrás do planeta Terra (relativamente ao Sol), como é possível ver na imagem abaixo.

Foi necessária a ajuda do telescópio WISE para confirmar a existência de tal corpo celeste, devido ao facto ser impossível ver (a partir da Terra) seja o que for, nas posições L4 e L5 (da imagem). Esta impossibilidade deve-se ao factor Sol, que devido ao brilho da sua luz impede a observação através dos telescópios.

Até há bem pouco tempo, este asteroide com 304 metros de diâmetro existia apenas em teoria. Graças ao telescópio Wide-field Infrared Survey Explorer lançado pela NASA em 2009, este pôde agora ser confirmado.

Posicionada não pondo de Lagrange L4, esta enorme rocha irá (teoricamente) ser perseguida pela Terra, para sempre.

Fonte: Natureza Paper (PDF) | Via: DVICE