Tecnologias usadas nos cassinos online

Tecnologias usadas nos cassinos online

20 de Novembro de 2018 0 Por Tiago

Independentemente de qual for o ramo de negócio, é difícil imaginar o seu funcionamento sem os recursos tecnológicos. Conforme estudos científicos foram avançando com o passar dos anos, muitas empresas passaram a utilizar as novidades para criar uma melhor estrutura, inclusive quando o assunto é segurança. Esse foi o caso de inúmeros cassinos online, que para se protegerem de golpes e dar mais segurança aos clientes, hoje contam com inúmeras camadas de proteção. Tudo pelo bem do jogo!

Gerador de números aleatórios

Quando os cassinos online começaram a se popularizar em vários países, a principal preocupação das casas de apostas era passar confiança para os usuários. Afinal, o que garante que a máquina do cassino não seja manipulada? Para garantir a transparência na operação, os cassinos apostam no Gerador de números aleatórios, também conhecido como Random Number Generator. Esse sistema faz com que todos os jogos, sejam de cartas ou caça-níqueis, entreguem os resultados de forma aleatória.

Além disso, casas de apostas confiáveis contam com Licenças de Funcionamento, e uma das funções dos órgãos responsáveis pelas licenças é verificar se o sistema de números aleatórios está mesmo funcionando e não oferece riscos de prejuízos aos clientes.

Transações como nos bancos

Quando se trata de dinheiro, sempre ficamos desconfiados se a plataforma escolhida é segura mesmo ou oferece riscos de vazamento dos dados financeiros. Pensando nisso, os cassinos têm copiado os bancos em matéria de sistemas de segurança, utilizando muitas vezes as mesmas tecnologias que as instituições financeiras trabalham. Espera-se, inclusive, que a medida que os bancos investirem em novas tecnologias, as casas de apostas repetirão o comportamento.

Por exemplo, um dos recursos que tanto os bancos quanto os cassinos usam é o protocolo SSL. A função deve é criptografar todos os dados que você insere no site, fazendo com que nem mesmo a equipe que trabalha no site de apostas tenha acesso ao que você digitou. Portanto, mesmo que um hacker consiga invadir a plataforma, os dados coletados não servirão, já que estarão criptografados.

Realidade Virtual

A realidade virtual atingiu patamares que muita gente não acreditava que fosse possível quando foi lançada. Além de trazer experiências para os usuários, serve como ferramenta de estudo para a ciência, como em um caso recente em que esta tecnologia ajudou a decifrar um pouco mais a doença de Alzheimer. E claro, os cassinos também estão fazendo uso desse recurso.

A proposta para os sites de apostas é utilizar a realidade virtual para trazer ainda mais imersão ao usuário, oferecendo uma experiência completa de jogo. É como se o apostador estivesse mesmo em um cassino de Las Vegas ou em uma mesa de cartas em um hotel famoso.

Sistema anti hackers

Se nos cassinos físicos a dificuldade está em controlar a entrada de cartas e fichas falsificadas, na versão online são os hackers que trazem preocupações. Porém, os melhores cassinos já fazem uso de uma tecnologia que controla os passos dos usuários. Dessa forma, o sistema registra o que há de anormal em uma conta quando se trata de transações financeiras e compara com informações de localização e informações de usuários banidos anteriormente. Assim, é possível pegar aqueles que entram em um site para trapacear.

Um bom exemplo é o Betway Brasil, uma casa de apostas que investe anualmente para oferecer a melhor estrutura de segurança para os seus clientes. São recursos que bloqueiam vírus, impedem a entrada de hackers, criptografam os seus dados e garantem a não manipulação dos jogos. Afinal, na hora de jogar ninguém quer ter uma preocupação a mais.

Com o avanço tecnológico e a necessidade de ampliar a segurança virtual, a expectativa é que não só os cassinos, mas outras empresas, continuem investindo fortemente neste tema. Recentemente foi aprovada no Brasil a Lei Geral de Proteção de Dados, o que pode causar muitas mudanças e afetar diretamente a forma como os sites utilizam os dados que os usuários inserem. O mais importante é que estejamos sempre em um ambiente seguro, protegido e livre de riscos.