Tecnologia médica de scan corporal da série Star Trek mais próxima da realidade

Tecnologia médica de scan corporal da série Star Trek mais próxima da realidade

30 de Dezembro de 2011 1 Por Tiago

A empresa Scanadu está a desenvolver um scanner de diagnóstico médico, digno da famosa série Star Trek. Este dispositivo é capaz de detetar os sinais vitais e enviar toda a informação diretamente para um smartphone.

Após um breve exame do scanner, com a ajuda de conjunto de perguntas de triagem adicionais, o sistema poderá recomenta (ou não) uma ida ao hospital, caso seja necessário.

O Tricorder Médico é capaz de medir a tensão arterial, função pulmonar, temperatura corporal e (supostamente) é capaz de fazer análises simples à urina.

Este é o aparelho ideal para monitoriza e a ajudar a tomar as decisões certas, quando (por exemplo) uma criança se encontra doente e os pais não sabem o que fazer. Em apenas um ano, o Tricorder conquistou o interesse dos investidores, levando-os a financiar o projeto em cerca de 2 milhões de dólares (mais de 1.5 milhões de euros).

Para quem não se lembra, no universo ficcional de Star Trek, o Tricorder Médico era um dispositivo utilizado para diagnóstico de doenças e coletar informações sobre os pacientes. O mesmo acontece com o verdadeiro Tricorder Médico da Sanadu, tornando a ficção em realidade.

A Scanadu tinha como principal objetivo, desenvolver uma tecnologia de diagnóstico móvel, capaz de colocar nas mãos dos “consumidores de saúde”, informações acerca da sua própria saúde. Para tal, em Maio foi criado o Tricorder X PRIZE, uma competição de 10 milhões de dólares (mais de 7.7 milhões de euros), para estimular a inovação e desenvolvimento desta tecnologia.

Os participantes irão competir contra um painel de médicos, para ver se conseguem combinar as capacidades de diagnóstico dos médicos (em variadas doenças) num único dispositivo portátil.

Hoje em dia existem aplicações para smartphones, que permitem ler o nível de glicose, verificar doenças sexualmente transmissíveis e até, dar acesso imediato aos registos médicos dos pacientes.

No início deste ano, a FDA (Administração de Alimentos e Medicamentos) aprovou uma aplicação para iPad e iPhone, que permite aos médicos ver imagens de Ressonâncias Magnéticas, Tomografias Computadorizadas e exames PET.

Este tipo de tecnologia é bem-vinda, para que possamos ter formas cada vez mais rápidas de diagnóstico. Os Tricorder Médicos poderão (um dia) fornecer-nos diagnósticos precoces e evitar males maiores. Contudo, não substituirão as visitas regulares ao médico.