Robô voador UAV T-Hawk capta imagens da zona de perigo em Fukushima no Japão

Robô voador UAV T-Hawk capta imagens da zona de perigo em Fukushima no Japão

25 de Abril de 2011 1 Por Tiago

Como é do conhecimento geral, o mais recente e trágico terramoto no Japão provocou incalculáveis perdas, tanto em vidas humanas, como em bens materiais.

Foram inúmeros os efeitos devastadores provocados por este fenómeno (com uma intensidade de 9.0 na escala de Richter), mas um dos mais preocupantes, tanto para o Japão como para as comunidades internacionais, foram as consequentes explosões dos reatores da Central Nuclear de Fukushima.

Os elevados níveis de radioatividade na zona impedem a aproximação das autoridades e por isso, a Tokio Electronic Power (TEPCO) enviou um robô voador capaz de entrar na zona de perigo da central e perscrutar toda a área devastada pelas explosões.

O T-Hawk, um MAV (Micro AirVehicle) construído nos EUA e usado para procurar bombas no Iraque, deu na passada semana início ao trabalho de captação de imagens das zonas inacessíveis da central nuclear, permitindo uma visão detalhada do interior e exterior da usina nuclear.

Suficientemente pequena para caber dentro de uma mochila, a aeronave T-Hawk terá como principal tarefa registar dados para comparação com os dados registados pelo iRobot, no passado mês.

O seguinte vídeo mostra parte das imagens captadas pelo T-Hawk, dos danos na Central Nuclear de Fukushima.