SRI constrói veículo elétrico off-road de corrida

SRI constrói veículo elétrico off-road de corrida

20 de Fevereiro de 2013 1 Por Tiago

EV1 é um veículo off-road, desenhado especificamente para corridas, com a particularidade de ser inteiramente elétrico. Criado pela SRI (Strategic Recovery Institute), um grupo sem fins lucrativos, sediado na Califórnia nos EUA e focado no design sustentável, este veículo foi desenvolvido para percorrer mais de 1600 km de deserto a uma velocidade máxima de 200km/h.

Com a ajuda da EV West e da Strategic Racing Designs, a SRI iniciou o projeto EV1 em fevereiro de 2012, após a vitória na 2011 Baja 1000, na classe 5-1600. SRI EV1 é o nome de código desta “máquina”, composta por um sistema de 400kW a 2000Ah e alimentado por duas células NetGain Motors com 69 baterias de iões de lítio.

Cada célula pode alimentar dois motores elétricos DC Warp 9” através de controladores Evenetics Soliton1 e dois conversores DC/DC Chennic, empilhados verticalmente e conectados através de uma correia de fibra de carbono de 2 polegadas (5cm).

SRI EV1 - 06

Designações técnicas à parte, este veículo elétrico é capaz de debitar 535 cavalos de potência e 750 pés-libras de torque. Toda esta potência é manipulada através de uma transmissão sequencial Mendeola S4D. Em caso de falha do motor ou das células de bateria, como é habitual em corridas (especialmente no deserto), a SRI dispõe de motores e células extra, para substituição.

Todo o veículo é alimentado por 82kWh de energia, fornecida pelo conjunto das duas baterias. Toda esta energia seria suficiente para alimentar uma casa média, durante uma semana. EV1 leva cerca de 5 horas para ficar totalmente recarregado, a 240V.

SRI EV1 - 04

Como no deserto não existe postos de abastecimento, a SRI desenvolveu um sistema de carregamento solar, montado num atrelado para ser transportado pela equipa de assistência. O atrelado dispõe ainda de um gerador a diesel Perkins, para fornecer energia extra.

A equipa do SRI pretende competir na corrida SCORE San Felipe 250 em março e na Noora Mexican 1000 em abril. Fique com os próximos vídeos e veja o impressionante desempenho deste veículo elétrico de corridas.

Fonte: SRI