Smartphones ficam realmente lentos com o uso?

Smartphones ficam realmente lentos com o uso?

20 de Junho de 2019 0 Por Tiago

Quem nunca reclamou de um smartphone lento depois de algum tempo de uso? Algo comum de ocorrer em dispositivos Android e iOS, a lentidão em dispositivos móveis acontece por inúmeros motivos, desde atualizações de sistema até mesmo pela quantidade de informações armazenadas em sua memória.

Para saber como minimizar essa possível dor de cabeça, confira abaixo uma lista com quatro possíveis causadores de lentidão em celulares e como resolver esses problemas.

1. Instalação de novas versões do sistema operacional

Quando um aparelho de smartphone é lançado, suas configurações de hardware são pensadas para atender a uma determinada demanda do sistema operacional.

Porém, mesmo após o lançamento, ele segue sendo evoluído — tanto que atualmente temos disponível a versão 9.0 do Android, o Pie, que já recebeu algumas atualizações desde o lançamento.

Via de regra, os novos sistemas são disponibilizados para aparelhos que já estão em uso, portanto é possível que um usuário troque de sistema conforme o desejo e compatibilidade com o aparelho.

Fazer a troca do sistema do aparelho, porém, pode ter algumas consequências negativas, que podem ir desde a incompatibilidade de alguns aplicativos mais antigos até causar a lentidão do aparelho — já que esse foi desenvolvido para outro sistema.

Por isso, uma solução para manter o seu celular ágil é manter o seu aparelho com a versão nativa do sistema. Porém isso pode ter consequências, como uma maior fragilidade na segurança do aparelho ou incompatibilidade com aplicativos mais modernos.

2. Muitos aplicativos em segundo plano

Ao instalar um novo aplicativo no seu smartphone, é preciso estar ciente que além do espaço ocupado na memória do dispositivo, caso não seja fechado ou desabilitado após o uso, ele poderá continuar em funcionamento em segundo plano, especialmente redes sociais ou aplicativos de comunicação.

Isso pode não parecer um problema logo que você começa a utilizar o aparelho, mas conforme você instala novos aplicativos, maior será o consumo de espaço no processador e memória RAM de seu aparelho, tornando-o mais lento.

Uma das alternativas que podem auxiliar você a solucionar esse problema é evitar recursos que exijam a manutenção do aplicativo em segundo plano, como widgets, papéis de parede animados e afins. Vale ainda verificar quais aplicativos estão consumindo mais memória RAM e restringir seu uso em segundo plano.

Uma dica extra: fuja dos “task killers” (aqueles programas que prometem deixar seu celular mais rápido com um clique). Via de regra eles apenas consomem memória interna e são pouco eficientes.

smartphone lento

3. Evite instalar programas desnecessários

Se você é daqueles que adora explorar a loja de aplicativos de seu sistema operacional e baixar todas as novidades, talvez essa dica sirva para você.

Você realmente precisa de todos os aplicativos que tem instalados em seu smartphone? Por exemplo, é preciso manter o aplicativo de várias lojas diferentes ou serviços, sendo que eles possuem um site compatível com dispositivos móveis? Na maioria das vezes, não.

Em muitos casos, como em lojas, existem versões compatíveis com os navegadores móveis onde você pode realizar suas compras, acompanhar a entrega e resolver inúmeras questões. No caso de serviços, como por exemplo, jogos online ou cassinos virtuais, é possível fazer apostas com o KTO Brasil sem baixar um aplicativo. Ou seja, nem é preciso usar o espaço do dispositivo para instalar jogos, já que eles rodam pelo navegador.

Enfim, uma boa sugestão antes de trocar de aparelho é verificar quais aplicativos são realmente úteis em sua rotina e quais podem ser substituídos por um simples acesso ao navegador do celular.

4. Instalar versões mais “pesadas” de aplicativos

Você sabia que muitos aplicativos grandes, disponibilizam versões mais leves de seus programas, pensando em usuários que desejam ocupar menos espaço em seus aparelhos, que não possuem internet de alta velocidade ou apenas que possuem modelos mais antigos?

Um exemplo de sucesso é o Facebook Lite, que está disponível em inúmeros países e permite que você acesse a rede social sem comprometer o desempenho de seu smartphone. Por isso, vale procurar versões mais leves dos seus aplicativos favoritos, já que eles tornarão seu aparelho muito mais rápido e eficiente.