Salto Quântico: Informações teletransportadas 100 Km

Salto Quântico: Informações teletransportadas 100 Km

25 de Setembro de 2015 0 Por Catarina

Cientistas conseguem teletransportar informação quântica, contida em partículas de luz (fotões), ao longo de, aproximadamente, 100 km de fibra ótica.

Esta proeza foi conseguida por Hiroki Takesue, investigador convidado do NIST (Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia dos EUA), e a sua equipa.

Esta técnica não irá ser capaz de transportar uma pessoa ou animal, mas poderá transportar computação quântica avançada, criptografia de dados computacionais indecifrável e até mesmo, eventualmente, levar a uma Internet quântica.

A informação quântica em questão é a informação contida em um fotão. A isto, chamamos estado quântico e como outros aspetos da ciência aquática, a sua explicação vai para alem normalidade e compreensão, da física comum.

Outros cientistas já haviam tentado o teletransporte do estado quântico de um fotão, através da fibra ótica, mas a maior parte dos dados perdeu-se na fibra e as taxas de transmissão, à distância, foram muito baixas.

De acordo com a equipa de pesquisadores do NIST  “Apenas cerca de 1% dos fotões conseguem fazer todo o caminho através de 100 km de fibra

Mas Takesue, e a sua equipa, utilizou um novo tipo de detetor de fotão único desenvolvido pelo NIST, que consegue interpretar informações até do fraco sinal luminoso do fotão solitário.

Embora tenha sido estabelecido um novo recorde de distância, os pesquisadores têm um longo caminho a percorrer. Veja mais pormenores desta experiência, no seguinte infográfico.

NIST - Teletransporte Quântico Infográfico

Via: Discovery News
Fonte/Créditos do Infográfico: NIST