PlayStation 4 poderá abandonar o processador Cell

PlayStation 4 poderá abandonar o processador Cell

2 de Março de 2012 1 Por Tiago

Fontes internas sugerem que a Sony irá abandonar a complexa arquitetura do processador Cell, para integrar um novo processador mais “amigável” na futura consola “PlayStation 4”.

Segundo esta fonte, a futura geração de CPUs e GPUs a integrar na consola, deverá ser da AMD. Esta mudança tornará a nova “PS4” muito mais amigável, a nível de integração hardware/software, para os programadores.

Depois do lançamento da PS Vita, todas as atenções estão agora voltadas para a para a futura consola da gigante multinacional japonesa.

Sites como o Kataku e o Forbes, afirmam que a AMD irá fornecer parte do hardwares para a nova geração de consolas da Sony. Só não se sabe, quando é que esta será lançada.

Quando foi apresentado na exposição E3 2005, o processador Cell da PS3 (desenvolvido pela Sony, Toshiba e IBM) prometia gráficos realistas, jogabilidade sem precedentes, e capacidade de potenciar todas a TVs e computadores em seu redor.

Contudo, estas características nunca se vieram a verificar.

Um dos principais problemas da PS3, é que tanto a CPU (Cell) como a GPU (Nvidia RSX) beneficiam apenas de 256MB de RAM cada, não compartilhável entre ambos. Já a Xbox 360 beneficia de 512MB de RAM partilhável entre a CPU (PowerPC Tri-Core Xenon) e a GPU (ATI Xenos a 500MHz).

Desta feita, os jogos que requerem mais memória RAM para processamento, não podem “pedir emprestada” alguma da memória da GPU e vice-versa. Este problema tornou-se um pesadelo, no que toca à portabilidade dos jogos para PS3 ou da PS3 para a Xbox 360.

Contudo, a Sony nunca comprovou oficialmente estas deficiências.

Neste sentido, abdicar do poderoso Cell seria uma mais-valia em vários aspetos. No entanto, uma nova arquitetura poderá tornar os jogos da PS3 incompatíveis com a consola PS4.

A Sony até poderá criar um emulador, mas a situação não deverá ser muito diferente do que já acontece com a PS3, que não é capaz de reproduzir os discos da PS2.

Apesar de Kaz Hirai, diretor geral da Sony, insistir que o ciclo de vida (de 10 anos) da PlayStation 3 ainda não terminou, os rumores que corem por aí sugerem que a nova PS4 poderá ser apresentada já na E3 2012, a realizar-se entre os dias 5 e 7 de Junho.

Na minha opinião, mesmo que a nova PS4 não seja apresentada na E3 2012, não acredito que a Sony se deixe ficar para trás, sabendo que a Nintendo irá lançar a Wii U ainda este ano e que a sucessora da Xbox 360 deverá ser apresentada na exposição E3 2012.

Via: Kataku & Forbes