Cientistas descobrem que tomar placebo e fazer quebra-cabeças pode aliviar as dores

Cientistas descobrem que tomar placebo e fazer quebra-cabeças pode aliviar as dores

9 de Fevereiro de 2012 1 Por Tiago

Segundo um novo estudo, tomar um fármaco (que ache que lhe irá fazer bem) e resolver quebra-cabeças, são a melhor forma de enganar o seu cérebro em relação às dores.

Este estudo vem desmistificar a ideia pré-concebida que o efeito placebo é uma função cognitiva de alto nível.

Os nossos amigos cientistas acreditavam que tomar um medicamento (no qual acreditamos que nos iria fazer bem) ou distrairmo-nos (fazer quebra cabeças por exemplo), permitia aliviar uma determinada dor, porque ambas as soluções ativavam as mesmas zonas cerebrais.

No entanto, este estudo revela que fazer as duas coisas ao mesmo tempo (tomar medicamento e fazer quebra cabeças) resulta muito melhor no alívio das dores.

De acordo com Jason T. Buhle, o autor do estudo na Universidade da Colômbia, a neuroimagem não funcionou. “A neuroimagem é excelente, mas o facto de cada região do cérebro fazer muitas coisas, quando se vê a ativação de uma área em particular, não se sabe qual o processo cognitivo que a está a conduzir”.

Desta forma, os cientista optaram por observar diretamente o comportamento dos participantes. Para efetuar esta experiência, os cientistas infringiram pequenas queimaduras nos participantes (ou cobaias se preferir).

Alguns deles tiveram de sofrer com a dor, outros foi-lhes dado um medicamento, a outros distração, e por fim, medicação e distração às restante cobaias. O resultado só poderia ser um, os participantes que receberam o medicamento e distração, foram os que relataram o maior alívio da dor.

Portanto já sabe, da próxima vez que ficar com um dedo entalado na porta do carro, a melhor solução é tomar um comprimido e jogar xadrez.

Via: DVICE