Nvidia promete overcloks extremos com a nova GTS 450

Nvidia promete overcloks extremos com a nova GTS 450

13 de Setembro de 2010 4 Por Tiago

GF 106 é o novo núcleo baseado na tecnologia Fermi da Nvidia, que dará vida à nova GTS 450. A empresa lança o seu terceiro chip Fermi, e descreve-o com sendo “pouco mais de metade da implementação do GF 104”.

Na realidade, esta afirmação significa que a GTS 450 terá 192 núcleos CUDA, contra os 336 da GTX 460, também a sua largura de banda de memória foi reduzida, para um barramento de 128 bits e até o número de ROP’s desceu para 16. Esta é portanto, até agora a versão mais económica e consequentemente menos capaz, da mais recente tecnologia Fermi da Nvidia.

No entanto, estas desvantagens são compensadas pela velocidade de relógio do seu processador gráfico a 783MHz e dos seus processador stream a 1566MHz, bem como um perfil padrão bem mais poderoso e exigirá apenas, um conector de alimentação auxiliar, de 6 pinos.

Segundo afirmações da NVIDIA, a sua nova placa gráfica, promete uma margem de overclock “espectacular”. Esta empresa que é apenas uma das duas gigantes, da indústria do hardware gráfico, foi ainda mais longe, ao ponto de sugerir que será possível chegar a velocidades de relógio estáveis de 900MHz. Confirme a veracidade destas declarações, nas seguintes Reviews.

A nova GTS 450 será o rival directo da ATI HD 5750, tanto a nível de desempenho, como em relação ao preço. Este rondará, nos dois casos os 130€ – 150€.

Reviews: