NVIDIA Maxwell será 40 vez mais rápido que a actual Fermi

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

A GTC 2010 (GPU Technology Conference 2010) tem revelado alguns pormenores sobre o futuro da evolução tecnológica da NVIDIA. Segundo o CEO, Jen-Hsun Huang, a geração que virá substituir a actual tecnologia Fermi, será lançada no próximo ano, e terá o nome de código Kepler.

A tecnologia Kepler será construída com base numa litografia de 28nm. O que permitira obter GPUs com um desempenho por watt, de 3 a 4 vezes superior ao das actuais GPUs relativos á Série GeForces GTX 400. Huang revelou ainda que a tecnologia Kepler poderá alcançar uma performance na ordem dos 4 a 6 GFLOPs de Precisão Dupla por Watt, contra os actuai 2 GFLOPs da tecnologia Fermi.

Mas a NVIDIA foi ainda mais longe, ao revelar a geração subsequente à tecnologia Kepler. Esta terá o nome Maxwell e está previsto começar a ser comercializada a partir de 2013. A nova geração será ainda mais reduzida, mo que toca ao tamanho da sua construção, entrando assim na era dos 22nm. Desta forma irá permitir uma performance, cerca de 16 vezes superior à de Kepler, 10-12 vezes mais veloz em aplicações “convencionais” e 40 vezes mais potente que a actual Fermi!

Entretanto a NVIDIA, pretende renovar alguns aspectos da nova geração Kepler. Um dos quais, será a GPU, podendo torna-la mais autónoma e menos dependente do processador, desta forma será possível melhorar significativamente o seu desempenho, o outro será a memória virtual.

Mas só em 2012 é que será possível saber ao certo, que actualizações irá sofre a tecnologia Kepler.

Partilhar
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email
Artigos Relacionados
Comentários