NVIDIA anuncia novo processador quad-Core Kal-El

NVIDIA anuncia novo processador quad-Core Kal-El

17 de Fevereiro de 2011 2 Por Tiago

Novo processador para dispositivos móveis foi revelado pela Nvidia ontem na MWC 2011 em Barcelona. A noticia vem confirmar que os rumores do pertenço “RoadMap” que tem corrido a Web nos últimos tempos, são verdadeiros.

Com o nome de código Kal-El, a Nvidia revela que este será um quad-Core (processador com quatro núcleos). Segundo a empresa, este chip é 5 vezes mais rápido do que o seu antecessor Tegra 2. Apesar de não ter sido apresentado como um modelo Tegra, é esperado que a Nvidia o defina como o próximo Tegra 3, assim que este seja apresentado ao mercado.

Numa demostração de poder, a NVIDIA apresentou uma demo onde era possível ver um tablet com o chip Kal-El a descodificar um fluxo de vídeo com uma resolução de 2560 x 1440. O foi transmitido por um televisor de 30 polegadas, com uma resolução nativa de 2560 x 1440, ao mesmo tempo que reduzia o mesmo vídeo (para uma resolução de 1366 x 760), sendo transmitido pelo próprio ecrã do dispositivo tablet.

Apesar da volumosa carga de trabalho (em tempo real) que estava a ter, Kal-El não deu sinais de querer vacilar. Segundo a NVIDIA, o novo quad-Core irá oferecer (aproximadamente) o dobro o poder de processamento de Tegra 2 e o triplo do desempenho gráfico.

Numa outra demonstração, foi possível comparar o novo chip ao Tegra 2. Enquanto o seu irmão mais velho se esforçava para acompanhar o jogo Graet Battles Medieval a uma resolução de 720p, Kal-El mostrou novamente, que não precisa de “transpirar” para reproduzir uma batalha entre 650 soldados em alta definição.

Este desempenho deve-se em grande parte, aos 12 núcleos GPU contidos em Kal-El. E ao contrário do que se poderá pensar, a Nvidia afirma que este chip será bem mais eficiente que o anterior, apresentando uma capacidade de reprodução de vídeo em HD de até 12 horas.

 

Segundo o novo mapa de lançamentos da Nvidia (acima), o processador quad-Core Kal-El estará disponível para ser integrado nos novos tablet, já a partir de agosto deste ano. Espera-se grande feito deste “super-herói” do processamento.