Supercarro Nissan GT-R adaptado para a polícia

Supercarro Nissan GT-R adaptado para a polícia

11 de Outubro de 2011 1 Por Tiago

No jogo do polícia e ladrão (neste caso fugitivo) ambas as partes tendem a adaptar-se de forma a surpreenderem-se uma à outra. No entanto, esta adaptação exige mais das forças policiais, já que estas se encontram (quase sempre) um passo atrás dos criminosos.

Mas este passo está prestes a ficar mais curto, graças à empresa EVI sediada em Northern Virginia nos EUA. Esta companhia, que fornece veículos para as forças de segurança pública de Washington DC e Virgina, está a adaptar o modelo superdesportivo GT-R da Nissan, para patrulhar as ruas à paisana.

O objetivo é reduzir (ou mesmo acabar) com a desvantagem que existe entre os veículos de patrulha das forças policiais e os veículos de quem lhes tenta fugir.

Apesar de não ser um dos veículos mais familiares e comuns no mundo dos supercarros, o Nissan GT-R é bem capaz de desempenhos e velocidades iguais ou superiores a veículo como Lamborghinis e Ferraris por exemplo.

Com tração às quatro rodas e totalmente computadorizado, a Nissan afirma que a versão GT-R 2012 é capaz de acelerar dos 0 ao 100 km/h em apenas 3,2 segundos. O motor VR38DETT-V6 bi-turbo de 3,8 litros e 24v, é capaz de debitar uma potência de 530cv às 6400rpm e um torque de 612 Nm às 5200rpm.

O Nissan GT-R 2012 encontra-se na lista dos carros mais rápidos do mundo, o que irá tornar ainda mais difícil, a tarefa dos “aceleras”. A menos que estes tenham um Bugatti Veyron, dificilmente irão escapar à polícia norte americana.

Infelizmente (para uns) e felizmente (para outro), a probabilidade de as forças policiais portuguesas, virem a ter carros destes a patrulhar as ruas à paisana, é muito mas mesmo muito reduzida.