NASA financia Projecto Hipersónico que levará humanos a Marte

Partilhar
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

A NASA pretende deixar os seus “queridos” foguetões e começar a desenvolver aeronaves espaciais hipersónicas. O principal objectivo é construir uma nave hipersónica capaz de descolar da Terra, voar e aterrar em Marte e voltar novamente para a Terra.

Os actuais e ineficientes foguetões, são uma tecnologia do passado, com mais 30 anos. Este apenas conseguem transportar até à orbita terrestre, pouco mais do que o próprio peso do seu combustível. Já para não falar, que estes não passam de bombas relógio (de explosão controlada) descartáveis.

A NASA pretende investir 15 milhões de dólares durante os próximos 3 anos, no desenvolvimento de uma nave híbrida ar/espaço com asas. Este terá de ser capaz de voar em linha recta em direcção ao espaço, a uma velocidade Mach 20.

Mas o Projecto complica-se quando o assunto é a descolagem e aterragem da própria nave. Esta terá de suportar temperaturas extremas, ao atravessar as atmosferas planetárias. A NASA pretende ainda que a nave seja leve, confiável, eficiente, de fácil reparação, e mais importante…barata.

Talvez os 15 milhões não sejam suficientes para tornar este projecto em realidade, mas a NASA alega que se estará a estabelecer uma base para as futuras tecnologias espaciais. O plano de desenvolvimento de aeronaves hipersónicas não é novo, o seu cancelamento em 1993 deveu-se a cortes orçamentais. O que faz com que agora esteja-mos algumas décadas atrasado.

O Projecto Hipersónico tem-se centrado no desenvolvimento de instrumentos e tecnologias para duas classes do sistema hipersónico.

  1. Reusable Airbreathing Launch Vehicles (RALV), ou Lançamento de Veículos Airbreathing Reutilizáveis,
  2. Planetary Atmospheric Entry Systems (PAES), ou Sistema de Entrada Atmosférica Planetária

A tecnologia focasse em grandes veículo, para transporte para Marte de humanos e cargas científicas úteis. A extrema necessidade em melhorar a capacidade de aterragem de grandes cargas com segurança em Marte é um das principais preocupações da NASA Space Exploration Iniciative.

O estudo e conhecimento da física adjacente a este projecto permitirá alcançar o nível de conhecimento necessário, para utilizar em pleno todas as possibilidades de voo hipersónico Airbreathing, tornando-se desta forma numa rotina.

Fonte: aeronautics.nasa.gov

Partilhar
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email
Artigos Relacionados
Comentários