Nano-laser de silício acabará com as conexões físicas dos PCs

Nano-laser de silício acabará com as conexões físicas dos PCs

7 de Fevereiro de 2011 1 Por Tiago

Engenheiros da Universidade de Berkeley na Califórnia criaram um nano-laser diretamente a partir de chip de silício. Apesar do objeto da imagem, se parecer mais com um obelisco, este é na verdade um laser construído a uma escala microscópica.

O objectivo principal deste projeto era criar uma nova forma de transmissão de dados com recurso à luz, deixando de vez as conexões físicas entre os componentes de um computador.

A razão pela qual ainda se usam conexões físicas, prende-se no facto de que até hoje, ainda ninguém tinha sido capaz de encontrar um forma de gerar luz, a uma escala suficientemente pequena, para trabalhar dentro de circuito sem o danificar.

Recentemente, este grupo de engenheiros decidiu recorrer aos nano-pilares de arseniato de gálio-índio para resolver o problema. Desta forma, criaram um nano-laser integrado diretamente no silício, capaz de emitir uma luz com um comprimento de onde de 950nm, sem danificar o circuito.