Minúsculas partículas autopropulsoras para parar hemorragias internas graves

Minúsculas partículas autopropulsoras para parar hemorragias internas graves

7 de Outubro de 2015 0 Por Catarina

Existem materiais com capacidade para fazer o sangue coagular e, assim, diminuir o sangramento, nas hemorragias externas, mas para as situações de hemorragia interna é mais complicado devido ao fluxo de sangue.

Recentemente, uma equipa de investigação canadiana desenvolveu uma micro partícula que produz gás que a impulsiona contra a maré.

Segundo Christian Kastrup, professor assistente no Departamento de Bioquímica e Biologia Molecular da Universidade British Columbia,

“A hemorragia é o assassino número um dos jovens, e a morte materna por hemorragia pós-parto pode ser tão alta quanto um em cada 50 nascimentos em configurações de baixos recursos portanto estes são problemas extremos”.

A hemorragia pós-parto na mãe ocorre nas primeiras 24 horas após o parto, como resultado de complicações com o útero, e envolve tipicamente uma perda de sangue para cima de 500 ml (0,13 gal).

Foi assim desenvolvido um agente para tratar este sangramento crítico, que trabalha de maneira semelhante a um comprimido de antiácido.

Na forma de pó, o agente é constituído por micro partículas de carbonato de cálcio, que libertam dióxido de carbono gasoso quando eles são imersos numa solução aquosa.

O pó foi observado pela primeira vez no laboratório e, em seguida, foi testado em dois modelos animais reproduzindo os efeitos de uma ferida de bala, em que as partículas demonstraram ser altamente eficazes em parar o sangramento.

Embora ainda sejam necessários mais testes antes de poder ser utilizado, o agente tem potencial no tratamento de todo o tipo de hemorragias internas, como as resultantes de acidentes ferroviários ou de combate.

Veja o vídeo para ficar a saber mais sobre este avanço na ciência.

A pesquisa foi publicada no jornal Science Advanced.

Fonte: University of British Columbia
Créditos de imagem: James Baylis