Mini RNM é mais rápido e preciso a detectar células cancerígenas

Mini RNM é mais rápido e preciso a detectar células cancerígenas

3 de Março de 2011 0 Por Tiago

Detectar problemas relacionados com o cancro, irá tornar-se mais fácil, rápido, barato e preciso.

Um grupo de cientistas da Universidade de Harvard e do MIT criou um aparelho, capaz de detectar células cancerígenas, em apenas uma hora.

Este pequeno dispositivo portátil, usa anticorpos e partículas magnéticas para detectar e marcar as células cancerígenas, extraídas através de uma agulha (em vez da grandes quantidade de tecido removido cirurgicamente).

Ligado ao directamente a um smartphone (iPhone por exemplo) através de um app específico, este pequeno aparelho de RNM (Ressonância Nuclear Magnética), é capaz de processar os dados da análise e em apenas uma hora, revelar se o problema é ou não preocupante.

Nestas situações a celeridade das análises, é uma questão essencial para que o tratamento seja bem-sucedido.

Em média uma biopsia tem uma precisão de 84% na detecção de células cancerígenas, enquanto este pequeno aparelho portátil revela-se capaz de obter resultados bem mais precisos, com uma impressionante e elevada precisão de 96%.

Com um custo de apenas 200 dólares às empresas que o fabricarem, espera-se que este mini RNM possa vir a ser vendido no mercado, por um preço bastante acessível, principalmente para hospitais, centros de saúde, entre outros. Também os países mais necessitados poderão beneficiar do baixo custo deste dispositivo.

As vantagens são imensas, esperemos que os pequenos dispositivos portáteis de análise comecem a ser fabricados, o mais rapidamente possível.