Memórias Racetrack ira tornar os PC 100.000 vez mais rapidos

Memórias Racetrack ira tornar os PC 100.000 vez mais rapidos

17 de Novembro de 2010 1 Por Tiago

Uma equipa de investigadores Suíços em parceria com a IBM tem vindo a desenvolver um novo tipo de memória, com o nome de Racetrack (Pista de Corrida). Inventada polo professor Mathias Kläui do EPFL, esta nova “espécie” de memórias é 100.000 vezes mais rápida, do que mesmo os mais rápidos discos rígidos de actuais.

Mas as vantagens desta nova geração memória não se ficam por aqui:

  • Durável
  • Basicamente indestrutível, pelo facto de não existirem peças móveis
  • E ao contrário da memória RAM, esta não precisa de estar continuamente ligada para funcionar, logo é mais eficiente

E como é que esta tecnologia funciona?

Para que este conceito a seja viável, cada bit de informação deve ser separada do seguinte, forma que os dados possam ser lidos de forma confiável. Para que tal fosse possível, Kläui usou vórtices para criar paredes magnético entre os bits. Ao usar esta solução num fio com 30 nm de espessura, a equipa conseguiu registradas velocidades de leitura/gravação superiores às esperadas.

Os nanofios de ferro-níquel são, um milhão de vezes menores do que uma clássica fita magnética. E ao contrário das fitas, nada se move mecanicamente. Os bits armazenados nos fios são empurrados em redor deste (através de uma corrente polarizada), atingindo velocidades vertiginosas de várias centenas de metros por segundo. Seria como ler uma cassete VHS inteira em menos de 1 segundo.

Kläui acredita que será possível desenvolver memórias com, milhões ou mesmo bilhões de nanofios incorporados em resina epóxi, oferecendo desta forma, enormes capacidades de armazenamento.

Os cientistas da IBM Research Center, em Zurique, confirmaram a importância da descoberta, e estão a planear a colaborar com Kläui para construir um protótipo. As memórias Racetrack permitirão construir computadores extremamente rápidos e de arranque de imediato.

Estima-se que lá para 2015, o dispositivo poderá esta disponível no mercado. Cá para nós, quanto mais rápido melhor…