LHC bate novo recorde atingindo os 3,5 TeV

LHC bate novo recorde atingindo os 3,5 TeV

20 de Março de 2010 1 Por Tiago

O LHC bate novamente recorde mundial. No passado dia 30 de Novembro de 2009, o maior acelerador de partículas do mundo, bateu o recorde do mundo em energia utilizada na impulsão de feixes de protões, ao atingir 1,18 TeV (teraelectrão-volt). Mas foi sem surpresas que esta máquina gigantesca atingiu um novo recorde, agora que está a funcionar em pleno, depois de ter ultrapassado alguns problemas que atrasaram o inicio deste projecto. Ontem, 19 de Março de 2010, o LHC máquina atingiu os incríveis 3,5 TeV, batendo o seu próprio recorde do mundo.

O CERN revela que ainda durante esta semana irá dar inicio às colisões de protões, para que os cientistas possam estudar as partículas mais pequenas, resultantes do choque entre si. O objectivo é estudar a origem do universo, recriando o Big Bang, o seu momento inicial, á 13,7 biliões de anos.

LHC é um íman gigante, com 27 quilómetros de perímetro (o maior da sua espécie). A sua função é acelerar protões até uma velocidade próxima da luz, em sentidos contrários de forma a embaterem uns contra os outros. Ao chocarem entre si esta dividem-se em partículas mais pequenas. Desta forma os cientistas procuram saber mais acerca da matéria. Um dos principais objectivos é encontrar, matéria negra. Em 2010/2011 o CERN pretende chegar aos 7 TeV por feixe, desta forma, obtêm uma energia de colisão de 14 TeV.