Impressão 3D em gel poderá ser ideal para imprimir órgãos

Impressão 3D em gel poderá ser ideal para imprimir órgãos

30 de Setembro de 2015 0 Por Tiago

A forma como construímos as coisas, tem vindo a mudar graças à tecnologia de impressão 3D. No entanto, determinados produtos não podem ser impressos, pelo simples facto de não suportarem o seu próprio peso, durante o processo.

Para ultrapassar este problema, um grupo de cientistas da Universidade da Flórida em Gainesville, nos EUA, desenvolveu uma técnica que permite imprimir objetos dentro de um gel de polímero de ácido acrílico, com a mesma consistência de um gel desinfetante para as mãos.

Uma pequena agulha deposita o material à escolha, até agora a equipa utilizou células vivas (incluindo vasos sanguíneos humanos e células de rim canino), para imprimir estruturas que, em condições normais, entrariam em colapso por não suportarem o seu peso.

Segundo a New Scientist, esta técnica foi utilizada para criar algumas formas complexas, como por exemplo:

Esferas tão finas quanto duas folhas de papel e cordões cerca de 10 vezes mais finos.

Na verdade, esta técnica permitiu criar uma pequena réplica do cérebro de um dos investigadores, como teste à sua complexidade.

O único senão, é que o gel utilizado para apoiar as estruturas não é orgânico. Desta forma, não é possível manter o tecido vivo, enquanto este está a ser impresso. Um obstáculo que necessita, obviamente, de ser superado antes esta técnica seja utilizada na impressão órgãos reais.

Os cientistas esperam um longo caminho pela frente, até que a impressão de órgão se torne uma realidade. Contudo, é uma possibilidade cada vez mais próxima. Entretanto, deixe-se ficar o com o vídeo de demonstração desta técnica.

Via: New Scientist
Fonte: Science Advances