A IBM está a desenvolver bateria que “respira” com autonomia para 800km

A IBM está a desenvolver bateria que “respira” com autonomia para 800km

21 de Abril de 2012 0 Por Tiago

De acordo com a IBM, os seus investigadores estão a desenvolver uma tecnologia que irá acabar com baixo rendimento das baterias dos veículos elétricos.

Lítio Ar” é o nome desta tecnologia, que capta e armazena oxigénio através uma nanoestrutura de cátodo de carbono. Uma vez armazenado, o oxigénio reage com os iões de lítio e eletrões, de forma a gerar eletricidade.

Assim que o veículo é ligado, todo o oxigénio armazenado é libertado e volta novamente à atmosfera, como se tivesse sido respirado.

Esta tecnologia da IBM está a ser desenvolvida com a ajuda das empresas Asahi Kasei e Central Glass, e além da enorme autonomia de 800Km, esta é significativamente mais leve do que a tecnologia utilizada no Cheverolet Volt.

A IBM espera obter um produto final, para comercialização, por volta do ano 2030. Fique com o vídeo de onde explica pormenorizadamente, todo o funcionamento das baterias Lítio Ar.