Google AlphaGo derrota campeão do mundo de Go

Google AlphaGo derrota campeão do mundo de Go

16 de Março de 2016 0 Por Tiago

Cinco jogos, em cinco dias diferentes, foram suficientes para provar valor do software AlphaGo desenvolvido pela DeepMind, empresa de Inteligência Artificial (IA) da Google.

Quatro dos cinco jogos foram ganhos, com grande mestria, pelo software AlphaGo e segundo o pessoal da DeepMind, este foi programado para aprender com os seus próprios erros.

Erros estes que foram visíveis durante os jogos disputados e comentados pelo próprio Lee Se-Dol e também pelos comentadores de serviço. No entanto, AlphaGo consegui (na maioria dos casos) sair por cima e conquistar a vitória.

Para a equipa DeepMind, jogar contra um dos melhores jogadores de Go do mundo, é a melhor meio para tentar perceber onde existem falhas, estuda-las e melhorar o software.

Demis Hassabis, fundador da DeepMind, afirma que o desenvolvimento de IA (com o AlphaGo), será extremamente importante na ajuda e potenciação da pesquisa humana nas diferentes áreas das ciências.

Contudo, alguns levantam duvidas, relativamente às intenções e aplicações futuras.

Durante estes cinco dias de competição entre Homem e Máquina, o AlphaGo acabou por vencer Lee nas três primeiras partidas, tendo sido vencido na quarta e voltando a conquistar o título de vencedor na quinta e última partida.

Para Lee Se-dol esta não foi a derrota do Homem para a Máquina, mas sim uma derrota pessoal. Lee não considera que o poder de raciocino da Máquina seja melhor do que o do Homem, mas considera que os fatores cansaço, concentração e pressão poderão ter sido decisivos.

Ao contrário de Lee o AlphaGo não sente cansaço, pressão e mantem sempre o mesmo nível de concentração durante o jogo. Nestes campos, a máquina vence claramente o Homem e talvez tenham sido esses motivos que levaram à derrota de 4 a 1.

Se não viu as disputas entre AlphaGo e Lee Se-dol, poderá fazê-lo de seguida. Deixo a baixo as cinco transmissões integrais das partidas e posteriores declarações.