Primeiras fotos do maior e mais poderoso telescópio do mundo

Primeiras fotos do maior e mais poderoso telescópio do mundo

6 de Outubro de 2011 0 Por Tiago

Astrónomos no Chile já começaram a testar o novíssimo radiotelescópio ALMA, uma matriz de 66 pratos que quando estiveram completa (em 2013) terá a capacidade de captar imagens do Universo, com uma nitidez dez vezes superior à do Hubble.

O ALMA (Atacama Large Millimeter Array) fará uso de um variado conjunto de radiotelescópios, capazes de captar pequenas características astronómicas em comprimentos de onda de luz, que são invisíveis para os telescópios comuns.

Graças a este sistema de matriz, os astrónomos irão beneficiar das imagens incrivelmente detalhadas, das nuvens de hidrogénio onde se formam as estrelas, galáxias e até mesmo outros sistemas solares.

Para obter estas incríveis imagens, um supercomputador terá de medir com precisão a posição de todos os radiotelescópios e correlacionar todos os dados em apenas um milionésimo de milionésimo de segundo.

Uma das grandes vantagens do ALMA é a sua versatilidade, que se deve à sua capacidade de reconfiguração dinâmica da matriz. Cada um dos telescópios, com cerca de 115 toneladas e 12 metros de largura, podem ser movidos para diferentes posições num raio entre 150 metros e 16 quilómetros, com a ajuda de um veículo de transporte personalizado.

Enquanto o telescópio espacial Hubble é capaz de fornecer imagens de qualidade, da luz visível das galáxias, o ALMA (quando estiver pronto) vai ter a capacidade de revelar com grande detalhe, as regiões (não visíveis) de formação das estrelas, como é possível ver na imagem a cima (a laranja e amarelo).

Fique com algumas imagens ALMA e do Hubble, provenientes das galáxias Antennae e vídeo “lapso do tempo”.

Fonte: ALMA