Falha, obriga Intel a recolher 8 milhões de chipsets Sandy Bridge

Falha, obriga Intel a recolher 8 milhões de chipsets Sandy Bridge

1 de Fevereiro de 2011 2 Por Tiago

Ontem, a Intel revelou uma falha nos chipsets Cougar Point. Esta falha deve-se a um problema de design (incurável), que vai degradando a transferência de dados através das portas Serial ATA, ao longo do tempo.

Este problema suscitou alguma admiração, levando a AnandTech a questionar a Intel acerca do mesmo. Em resposta a Intel revelou, que esta falha provém de um único transístor propenso a fugas de corrente, maiores do que o tolerável.

A Intel revelou ainda que, esta fuga de corrente, não só poderá diminuir do desempenho das portas Serial ATA a 3Gbps, como fazer com que elas falhem completamente. Apesar de tudo, pelos vistos este transístor com defeito não afeta as portas Serial ATA a 6Gbps.

Os proprietários de chipsets Sandy Bridge, que não utilizem as portas a 3Gps, não terão problemas de falhas ou desempenho. Para resolver este problema, a Intel decidiu recolher todos os 8 milhões de chipsets, das séries H67 e P67 para os substituir

A Intel já deu início ao processo de substituição dos chipsets. O que levará a um atraso, no prazo de entregar dos desktop com chipsets, afetando principalmente as empresas: Apple, Dell e HP.

Esta pequena falha (num único transístor), será responsável por um prejuízo de cerca de 700 milhões de dólares, para Intel.

Fonte: anandtech.com