Novo contraceptivo para homens 100% eficaz durante 10 anos

Novo contraceptivo para homens 100% eficaz durante 10 anos

2 de Junho de 2011 2 Por Tiago

Um cientista na Índia descobriu um novo contraceptivo para homens 100% eficaz, sem efeitos secundários e completamente reversível.

No que toca ao controlo de natalidade, teoricamente é muito mais fácil “parar” um óvulo do que um espermatozoide (que é cerca de três vezes menor), mas este cientista acredita ter encontrado a solução.

Este novo sistema de controlo de natalidade é aplicado através de uma injeção chamada RISUG, que significa “inibição reversível de esperma sob orientação”.

A pior parte, é que o RISUG não pode ser aplicado em qualquer sítio do nosso corpo. A injeção terá de ser aplicada diretamente no canal deferente, o canal que está diretamente ligado aos testículos. Portanto, a agulha terá de atravessar o escroto para chegar ao local. Pior ainda, é que são necessárias duas injeções.

Durante 15 anos de estudo, o gel RISUG mostrou-se 100% eficaz (durante no mínimo 10 anos), sem efeitos secundários e completamente reversível (com apenas mais um par de injeções). Segundo os estudos, após serem aplicadas as injeções para reverter o RISUG, tudo volta gradualmente à normalidade em cerca de 150 dias.

Assim que o gel RISUG (um polímero de carga positiva) é injetado em cada um dos canais deferente, leva apenas alguns minutos a solidificar, criando uma espécie de túnel dentro dos mesmos. Ao entrar em contacto com a superfície do polímero, a membrana dos espermatozoides (com carga negativa) é destruída, devido à combinação das duas cargas.

A destruição da membrana dos espermatozoides resulta na total imobilidade dos mesmos. Portanto, se não são capazes de viajar até ao óvulo, também não são capazes de o fecundar.

Apesar de todas estas vantagens, parece que as empresas farmacêuticas estão muito pouco interessadas em comercializar tal produto. Isto porque seria pouco lucrativo, uma única injeção duraria pelo menos uma década e acabaria por reduzir drasticamente venda de outras formas de contracepção (mensal).

Felizmente, nos EUA existe uma fundação que está a fazer os possíveis para que o gel RISUG seja aprovado. Recentemente a Fundação Gates disponibilizou 100.000 dólares, para que a empresa Parsemus descubra e crie uma variante deste contraceptivo, para o sexo feminino.

Para já, está a decorrer na Índia a terceira e última fase de estudo, antes da aprovação do RISUG. Podendo vir a ser comercializado dentro de poucos anos (pelo menos na Índia).

Fonte: RISUG | Via: DVICE