Como a ciência ajuda Hollywood a tornar explosões mais realistas

Como a ciência ajuda Hollywood a tornar explosões mais realistas

25 de Setembro de 2015 0 Por Tiago

Existem explosões e explosões… isto é, se um cineasta quer ter sucesso com o seu novo filme, terá de investir nas suas imagens geradas por computador (CGI). Caso contrário sujeita-se a ser ridicularizado.

No que toca ao cinema, o público de hoje está cada vez mais exigente, e algumas explosões simplesmente não se conseguem criar com alguns quilos de pólvora. Desta forma, o avanço da tecnologia e da ciência tem tido um papel importante, ao longo dos últimos anos.

Criar explosões realistas e visualmente emocionantes, não é tarefa fácil. Contudo, no seguinte vídeo, Theodore Kim, professor de Artes Média, Tecnologia e Ciência da Computação na Universidade da Califórnia, explica como ele e três colegas seus desenvolveram um software para ajudar os cineastas a criar os melhores e mais realistas efeitos de fumo.

Esta ferramenta foi apelidada de Wavelet Turbulence, tem sido usada, por muitos cineastas, para gerar expirais de fumo realista e explosões de fogo mais detalhadas, mais fáceis de controlar e mais rápidas para criar.

Os resultados estão à vista de quem quiser ver, em filmes como: Avatar, Homem de Ferro 3, Homem de Aço, O Fantástico Homem-Aranha, juntamente com um crescente número de outros grandes filmes.

Fique com o seguinte vídeo e veja como se criam explosões realistas em Hollywood.