Cientistas criam transístor a partir de uma única molécula

Cientistas criam transístor a partir de uma única molécula

27 de Julho de 2015 0 Por Tiago

O mundo da eletrónica tem vindo a diminuir (em tamanho), ao longo dos tempos. Esta necessidade tem permitido aumentar o desempenho e eficiência dos componentes.

Recentemente, um grupo de investigadores foi capaz de criar um transístor a partir de uma única molécula. Descobertas como estas fazem-nos pensar se estaremos (ou não) perto do limite físico da eletrónica.

Este semicondutor, desenvolvido por uma equipa internacional de investigadores, utiliza uma única molécula de ftalocianina de cobre, uma dúzia de átomos de índio e um material de suporte de índio arsenieto.

Para que esta tecnologia funcione, foi necessário abandonar a mecânica habitual de um transístor. Que controla a corrente através da modulação da tenção da porta, tendo em conta o efeito de campo.

Neste caso, os investigadores utilizaram átomos carregados individualmente, manipulados por um microscópio de varredura por tunelamento, de forma a criar as portas elétricas, para este transístor de molécula única.

Por muito promissor que possa parecer, esta tecnologia está (ainda) muito longe de ser integrada em microprocessadores para dispositivos como computadores pessoais, smartphones, entre outros.

O processo de criação destes transístores exige recursos que o tornam inviável (de momento), para produção em larga escala. Contudo, futuros novos processos de criação poderão reduzir os custos de produção, viabilizando esta tecnologia.

Fonte e créditos de imagem: U.S. Naval Research Laboratory