A ciência da perda de cabelo

A ciência da perda de cabelo

25 de Março de 2013 2 Por Tiago

A genética é o principal fator de perda de cabelo nos homens. Se a um dos dois cromossomas “X”, transmitidos pelas nossas mães, dispuserem do gene da perda de cabelo, então teremos 50% de possibilidade de este ser transmitido para nós.

Contudo, a ciência explica que a “culpa” não é só das nossas mães. Na verdade, este problema é mais complexo do que aparente. Por isso, o pessoal da asapSCIENCE decidiu criou um vídeo, extremamente interessante, a explicar tudo sobre o problema da calvície.

De acordo com uma notícia, publicada no US News:

Mito: A perda de cabelo é transmitida através da sua mãe.

Não é inteiramente verdade. Enquanto o principal gene da calvície está no cromossomo X, que os homens recebem apenas das suas mães, outros fatores também estão em jogo. O fator hereditário é um pouco mais dominante no lado da mulher, mas as pesquisas sugerem, que homens que têm um pai careca são mais propensos a desenvolver a calvície, de padrão masculino, do que aqueles que não têm.

Assim sendo, enquanto nos homens a perda de cabelo é parcialmente hereditária, nas mulheres o gene da calvície só surge se ambos os cromossomas “X” tiverem o gene da calvície. No entanto, mesmo que nenhum dos pais disponha deste gene, outros fatores poderão contribuir para a calvície. Como a dieta, o stresse, a nutrição, a idade, entre outros.

Fique com o próximo vídeo criado pela asapSCIENCE, e fique a conhecer mais sobre o problema da calvície. Clique me CC, no vídeo, e em Português para colocar legendas.

Fonte: asapSCIENCE (YouTube)