Farto do habitual aspecto das câmara (DSLR), que apesar de evoluir tecnologicamente, mantem o seu velho aspecto de sempre? A Canon criou um modelo conceptual, que nos mostra uma nova perspectiva de como poderá ser os futuros designs das câmaras fotográfica.

Observando em pormenor a Canon 4k, apercebemo-nos que esta foi projectada mais para vídeo, do que propriamente para fotografia. Inteligentemente colocado no topo em vez de na traseira (como habitual), o ecrã LCD abre-se quando a câmara se encontra em uso.

Com a Canon 4k é possível gravar vídeo de até 60 frames por segundo numa resolução, quatro vezes maior do que 1080p. Tudo isto se deve ao sensor CMOS de 8 megapixéis, provando mais uma vez, que mais megapixéis não significa nem maior resolução, nem mais qualidade.

Segundo a Canon, o futuro não passa pela evolução das máquinas fotográficas, mas sim pelas máquinas de filmar de alta resolução, perfeitamente estáveis em cada frame, para que dai seja possível retirar qualquer imagens estática desejada.

No entanto, a Canon, actualmente não tem qualquer interesse em produzir, com intuito comercialmente, a 4k. O que não significa que a empresa não utilize, tanto a tecnologia como o design desta máquina, em futuros modelos.