Avião autónomo capaz de se desviar dos perigos que surgem pela frente

Avião autónomo capaz de se desviar dos perigos que surgem pela frente

4 de Novembro de 2015 0 Por Tiago

Andrew Barry, um estudante de PhD em Ciência da Computação do MIT e Laboratório de Inteligência Artificial (CSAIL), desenvolveu um algoritmo de deteção que permite que, aos drones, evitar obstáculos que lhes surgem pela frente, autonomamente.

Temos falado muito sobre automóveis autónomos e até já falamos sobre motociclos autónomos e cada vez mais vão surgindo novos tipos de veículos capazes de ser deslocar sem a ajuda do homem.

A melhor parte, é que esta tecnologia é capaz de se deslocar numa área, sem conhecimento prévio ou dados cartográficos de um determinado local. Barry acredita que é necessário um algoritmo muito mais rápido do que os atuais existentes, para que um drones se torne verdadeiramente autónomo.

Segundo ele, os sistemas laser LIDAR são, geralmente, demasiado pesados para pequenos veículos aéreos não tripulados (VANT) pessoais, e os algoritmos atuais são muito lentos para interagir com sua velocidade.

Barry quis testar a sua criação, e para isso construiu um pequeno avião com uma envergadura de cerca de 86cm e pouco menos de 0,45kg. Este drone dispões de uma camara acoplada em cada asa e dois processadores similares aos encontrados em smartphones.

Ao contrário de outros algoritmos autónomos, que processam as imagens dos obstáculos a várias distâncias, o sistema desenvolvido por Barry apenas processa imagens de obstruções a 10 metros de distância.

“À medida que voamos, e avançamos 10 metros em frente para o horizonte, e, desde que os seus primeiros 10 metros estejam limpos, poderemos construir um mapa completo do mundo ao nosso redor”,

afirmou Barry.

Esta tecnologia apenas necessita de 8,3 milissegundos a processar cada frame, permitindo que o drone fosse capaz de voar através de uma área arborizada, a uma velocidade superior a 48km/h.

De acordo com a CSAIL, o sistema desenvolvido por Barry é 20 vezes mais rápido do que o software existente. Felizmente, este software é um código aberto e está disponível no GitHub, para quem quiser testar.

Veja o vídeo seguinte e comprove por si mesmo o desempenho desta tecnologia.

Fonte: CSAIL
Código: Software disponível no GitHub