Asteróide encontrado ameaça extinção da vida na Terra

Asteróide encontrado ameaça extinção da vida na Terra

4 de Agosto de 2010 4 Por Tiago

Desde os primórdios que o ser humano olhara os céus com curiosidade, atento aos planetas, estrelas e constelações, procuram por todos os meios aprofundar o seu conhecimento a cerca da origem do universo de forma a conhecer melhor as suas origens também.

Foi em conjunto com cientistas da NASA que algumas universidades europeias informaram ao mundo, dá provável colisão de um asteróide de grandes dimensões que se dirige para a Terra, e que deverá colidir com a mesma no final do próximo século.

O asteróide conhecido por (101955) 1999 RQ36 tem uma probabilidade de colidir com a terra de um em mil e se tal azar nos calhar, a data mais provável será no ano de 2182. De acordo com os cientistas, as autoridades deverão tomar uma medida de prevenção em 2080 de forma a tentar desviar a trajectória do mesmo. Devido a sua órbita errática, as oportunidades de tentar desviar sua trajectória serão limitadas. O (101955) 1999 RQ36 irá aproximar-se da Terra entre 2060 e 2080 e novamente em 2162, e os cientistas acreditam que 2182 será o ano mais provável para a colisão.

Com um tamanho de aproximadamente 560m, o asteróide foi descoberto em 1999 e não é tão grande como o que caiu no México, com cerca de 10 quilómetros de diâmetro e que se acredita ser a principal razão para a extinção dos dinossauros á 65,5 milhões de anos. Apesar de mais pequeno, numa eventual colisão com a Terra, o seu impacto poderia trazer consequências catastróficas para o normal funcionamento da vida terrestre.