Pequena aeronave “hexadecacóptero” construída para levantar um humano

Uma equipa de investigadores desenvolveu e construiu a primeira aeronave elétrica do mundo, com múltiplos rotores e capaz de voar com uma pessoa a bordo.

O e-volo é um muiticóptero (ou hexadecacóptero), uma aeronave idêntica a um helicóptero mas com 16 rotores. Na verdade, esta aeronave é nada mais, nada menos do que um conjunto de 4 quadricópteros interligados por uma estrutura em alumínio, uma cadeira de plástico no centro com uma bola (idêntica a uma bola de pilates) por baixo da mesma, controlável através de um comando RC.

Ao contrário dos tradicionais helicópteros (que usam uma enorme hélice para se erguer nos céus), o e-volo utiliza várias hélices pequenas para o mesmo efeito. A grande vantagem deste, é que poderá perder um rotor em voo (ou até mesmo quatro) e ainda assim continuar a voar. É possível ainda, incluir um para-quedas na estrutura e usa-lo, sem o potencial perigo de ficar sem cabeça.

Em comparação com os habituais helicópteros, o e-volo é extremamente simples. Cada motor é independente e tem a sua própria bateria e sistema de controlo. O fator simplicidade realça algumas características e vantagens:

  • Menos necessidade manutenção;
  • Facilidade de reparação;
  • Beneficia de motores elétricos (que são bem mais simples do que os de combustão);
  • E a probabilidade de algo correr mal, é substancialmente inferior.

Atualmente, o tempo de voo do hexadecacóptero e-volo é de apenas 10 a 30 minutos, dependendo do peso. O que significa que lhe irá custar apenas cerca de 10 dólares (aproximadamente 7.27 euros), para carregas as suas baterias.

O e-volo provavelmente não será barato, mas será com certeza mais barato do que o mais barato dos helicópteros.

Quem quer dar uma voltinha? Fique com o vídeo abaixo, onde poderá ver o e-volo em ação.

Fonte: e-volo