Adolescente constrói máquina para testar ADN do seu irmão

Adolescente constrói máquina para testar ADN do seu irmão

8 de Abril de 2013 3 Por Tiago
Fred Turner máquia de ADN (PCR) - 01

Aos olhos de muitos dos seus amigos, Fred e Gus Turner não parecem irmãos. Fred tem cabelo castanho liso, enquanto Gus tem cabelo ruivo encaracolado. Contudo, a realidade é que estes dois adolescentes são verdadeiramente irmãos.

Estas diferenças, entre os irmãos, formam alvo constante de brincadeiras (ao longo das suas vidas), por parte dos seus amigos, que os acusavam de serem irmãos de pais diferentes. Por isso, Fred, um adolescente empreendedor de 17 anos, decidiu desenhar e construir a sua própria máquina de testes de ADN, em casa.

Usando peças de vários aparelhos domésticos, como um leitor de vídeo antigo, entre outros, Fred construiu uma máquina capaz de realizar uma Reação em Cadeia da Polimerase (PCR).

Em suma, esta máquina PCR caseira é capaz de amplificar (criar múltiplas cópias) a cadeia do ADN, para depois poder ser analisada em laboratório. O objetivo de Fred era comprovar que as diferenças, entre os cabelos de ambos, foram provocadas por uma mutação genética do seu irmão.

Vivendo, atualmente, na cidade de Brighouse em West Yorkshire, no Reino Unido, Fred gastou cerca de um ano do seu tempo e 400 libras (aproximadamente 470 euros) a construir a máquina de reação em cadeia da polimerase.

O dispositivo não é novidade, contudo, faz o mesmo trabalho e é bem mais barato do que as PCR disponíveis no mercado, que custam 3000 libras (mais de 3500 euros).

Fred Turner máquia de ADN (PCR) - 02

Após ter construído a máquina, Fred pode finalmente testar o ADN de Gus. Para isso, recolheu células a partir do interior da bochecha do irmão, com um cotonete, e através do aquecimento a 95°C, pode libertar o ADN das células para uma solução. Segundo Fred, numa entrevista ao jornal Daily Mail:

Após terem sido retiradas e colocadas numa solução, num tubo de aquecimento a 95 graus centígrados, as células foram quebradas, libertando o ADN para a solução.

De seguida, foi adicionada uma enzima e um iniciador ao ADN e colocado dentro da máquina, para um ciclo de centrifugação de duas horas. No fim, foi obtida a tão aguardada amplificação do ADN.

 “Há mais um passo de centrifugação que remove, essencialmente, pedaços quebrados de células que não contêm ADN, e estas vão para o fundo da solução.”

Num tubo ainda menor, colocamos a solução com ADN dentro da máquina, juntamente com uma enzima e um iniciador, configurando a máquina para iniciar um ciclo.”

O ciclo leva duas horas, e depois, apesar de não haver nada que possamos ver (porque o DNA é transparente), existira mais ADN doque aquele com que começamos – efetivamente amplificamos o ADN.”

Fred Turner máquia de ADN (PCR) - 03

Por fim, o adolescente teve de enviar a amostra para o laboratório, para que o seu código genético pudesse ser sequenciado. Os resultados mostraram que o cabelo ruido de Gus era, de facto, se deve à mutação genética que Fred procurava.

Para identificar a mutação do meu irmão, optei pelo sequenciamento, que não podia fazer em casa, então tive que enviar a amostra para um laboratório.

O sequenciamento dá-lhe um código genético de As, Gs, Cs, Ts. A mutação dos ruivos difere apenas numa letra do código, chamada SNP, e quando enviei a amostra de Gus, esta foi identificada.

Eu já sabia o que estava à procura, pois é possível encontrar o genoma na internet. Então, quando a amostra chegou, eu pude ver a mutação que causa os cabelos ruivos de Gus.

Apesar de todo o trabalho que teve, com a sua máquina PCR, Fred Turner foi capaz de tirar excelentes notas em biologia, matemática, matemática avançada, física e química. Provando a sua excelência como aluno e inventor.

O seu trabalho permitiu calar os seus amigos, mas mais importante que isso, ganhar uma bolsa de estudos em bioquímica, na Universidade de Oxford.

Fred é agora reconhecido como o “Jovem Engenheiro do Ano do Reino Unido”. Fique com a entrevista, dada pelo jovem inventor.

Fonte: National Science and Engineering Competition
Via: Daily Mail
Crédito de imagens: Ross Parry Agency