Organic Light-Emitting Diode ou mais conhecido por OLED é a próxima geração de ecrãs, para televisores, portáteis, telemóveis, etc. Tecnologias como LCD e LED farão parte do passado a partir do momento que as telas OLED entrarem em cena.

Os doidos orgânicos foto emissores, inicialmente criados pela Kodak em 1980, têm como objectivo, tornar os ecrãs ainda mais finos, leves, baratos, energeticamente mais eficientes e tempos de reposta mais rápidos, pretos mais reais e maiores contrastes.

oled cell 300x279 Televisores OLED

Os OLED têm luz própria, o que faz com que descarte as lâmpadas e LED laterais, ou traseiras (backlight ou sidelight) usadas nas tecnologias LCD e LED Tv. Os diodos orgânicos são compostos por moléculas de carbono que emitem luz ao receberem uma carga elétrica.

Como exemplifica esta imagem, uma ecrã OLED é composto por: 1 – cátodo, 2 – camada emissiva, 3 – camada condutora, 4 – ânodo, 5 – substrato. As camadas são feitas de moléculas orgânicas que conduzem electricidade. Estas matérias orgânicas emitem luz de cor a azul, vermelho e verde. Desta forma, emitem milhares de cores de todo espectro de cores. Ao contrário dos LCD e LED Tv., que não conseguem obstruir totalmente a luz que provem das lampas, os diodos quando não polarizados, não emitem qualquer luz tornando os pretos muito mais reais.

Sony OLED size 9 150x150 Televisores OLEDA Sony foi a primeira a comercializar uma televisão OLED, a XEL-1 de 11”, mas depois disso muitas marcas como a Samsung, Philips, Microsoft, entre outros, têm vindo a comercializar, aparelhos como, portáteis, telemóveis e mp3 com esta tecnologia.

Pioneira em televisores com esta tecnologia, a Sony este ano no CES apresentou mais um modelo de 27”. Mas também a LG quis mostrar que não pretendia ficar para traz na corrida, e apresentou um modelo com 15”.

A Sony revelou este vídeo sobre um ecrã OLED flexível que estão a desenvolver.

Por sua vez também a Samsung mostrou a sua versão OLED, mas alem de flexível, é também resistente.