Simulador FPS The Gadget Show Simulador FPS mais perigoso do mundo inclui 12 armas verdadeiras de paintball

Um dos principais problemas dos jogos de simulação, ao estilo Tiro em Primeira Pessoa (FPS), é de facto as consequências para o jogador. Se “levarmos um tiro” ou “morrermos” em combate, a única coisa que nos poderá acontecer, é ter de iniciar novamente o jogo e repetir a missão.

Mas um programa de televisão britânico, chamado The Gadget Show, gastou mais de 470.000 euros na criação do melhor simulador FPS do mundo, para se assegurar a sua imprudência em dar o corpo às balas, irá doer.

Quando jogamos um FPS com o Battlefield 3, por exemplo, normalmente preocupamo-nos mais com o jogo em si, do que propriamente com as balas que nos possam atingir (isto porque não as sentimos). Mas neste simulador será difícil é não nos lembrar-mos delas, visto que iremos ter 12 armas de paintball apontadas a nós.

Para construir este simulador, foram utilizados:

    1. Uma matriz com cindo projetores HD, direcionados para as paredes interiores de uma cúpula de 360 graus;
    2. Um tapete rolante omnidirecional, com sistema de controlo de movimentos através de infravermelhos;
    3. E um sistema Kinect, para ler o movimentos corporais do jogador, traduzindo-os diretamente para o jogo.

Agora, imagine-se a jogar BattleField 3 de arma em punho, num simulador onde pode interagir através de movimentos como: andar, correr, baixar, deitar, entre outros. E quando o personagem do jogo levar um tiro, também o irá sentir na sua pele.

Parece interessante, não? Do meu ponto de vista sim, mas iria com certeza, passar a ter mais atenção as balas inimigas.

Fique com o vídeo de apresentação deste realista simulador FPS. Quanto ao programa The Gadget Show, este irá entrar no ar no Reino Unido, dia 24 de Outubro às 20h no Canal 5.

Fonte: The Gadget Show